Administração SQL Server, Backups, Banco de Dados, DBA, Disaster e Recovery, Disponibilidade, ORACLE, PostgreSQL

(Enquete encerrada) Onde guardam seus backups?

Ola galera,
Essa enquete ficou ativa entre os dias 01/10/2016 à 04/01/2017, o objetivo era saber como as empresas estão armazenando seus dados, diante o cenário atual de segurança de dados!

Podemos observar que existe sim a preocupação no que se diz respeito a backup, apesar de vermos diversos casos no Estado do Ceará e no Brasil, de empresas que perdem todas (ou quase todas) as informações quando precisaram recuperar de um desastre, mais ai vem a questão: Será que estão sendo feitos testes nesses backups?

Pontos positivos:
62% dos participantes usam estratégias bem seguras em relação a backup (Servidor de Backup, Nuvem, Fita, Rede, Espelho ou Replicado);
– A questão de backup em Nuvem (18%), esta crescendo muito e atualmente é uma das opções mais acessíveis e rápidas de serem utilizadas;

Pontos negativos:
23% dos participantes informaram se seus backups são guardados em HD externo, não digo um ponto negativo, mas creio que devam ter uma segunda opção de backup, por ser tratar de uma mídia que pode dar problemas físicos com facilidade. Atenção galera!!!
14% informaram que fazem backup no próprio computador, isso é extremamente crítico se não feito como deve ser feito. Backup no computador é uma boa prática no que se diz respeito a volta rápida ao estado anterior, quando o problema não é na máquina ou no disco, mas essa estratégia obrigatoriamente deve ser seguida por alguma outra como por exemplo um backup em nuvem! Atenção galera!!!

Agradeço a todos pela atenção e espero ter ajudado com essa pesquisa, que no meu ponto de vista, levou a questão:

Seus backups são testados periodicamente?
Deixem seus comentários!

 

Administração SQL Server, SQL Server

Remote Admin Connections

SQLCrespi

Recentemente em um treinamento sobre troubleshooting, falei sobre como acessar o servidor através do DAC – Dedicated Admin Connection. Para minha surpresa, a maioria não sabia o que era e os que já haviam habilitado não sabiam como funcionava.

O DAC foi introduzido no SQL Server 2005 e é nossa principal forma de acesso quando o SO ou mesmo o SQL Server estiverem “engargalados”.

De maneira bem simples, o DAC troca o contexto para conexão de administrador e aumenta a prioridade ao acesso dos recursos.

“Ah, mas eu não consigo acessar a console do meu servidor porque está tudo travado”.

Não tem problema é possível habilitar o acesso remoto.

Como Funciona?

O DAC trabalha com um scheduler reservado, ou seja, o SQL Server deixa sempre uma janela aberta caso algo aconteça. Este é o acesso privilegiado e reservado para manutenções.

Antes de seguir é importante deixar claro que prioridade só…

Ver o post original 206 mais palavras

Administração SQL Server, Banco de Dados, DBA, Licenciamento, SQL Server 2014

SQL Server 2014 Developer agora é free (Visual Studio Dev Essentials)

Ferramentas, serviços de nuvem e treinamento gratuitos
Obtenha tudo o que você precisa para compilar e implantar seu aplicativo em qualquer plataforma. Com ferramentas de ponta, o poder da nuvem, treinamento e suporte, é o nosso programa gratuito para desenvolvedores mais abrangente de todos os tempos.

Visual_Studio_Dev_Essentials

Administração SQL Server

Master Data Management (MDM): solucionando problemas de qualidade de dados na organização

Blog Dataficação

Muitas organizações atualmente apresentam problemas de falta de integração, padronização e governança de dados. É comum encontrar diversos setores da empresa que possuem bancos de dados e aplicações diferentes para trabalhar com a mesma informação. Um exemplo seria os departamentos de Vendas, de Marketing e Financeiro terem aplicações próprias, cada uma com sua base de endereços e telefones de clientes. Isto pode ocasionar problemas de duplicação de dados, desatualização e falta de qualidade destes dados devido à indefinição de regras e padrões para armazenar esta informação. Isso sem mencionar que muitas vezes as aplicações e os sistemas ERP não realizam as diversas validações necessárias para garantir a integridade dos dados inseridos no seu próprio banco de dados, e os dados acabam sendo cadastrados sem qualidade.

Outro cenário que ocorre com frequência é o de aquisições de empresas. Neste caso, há a necessidade de integrar a base de dados da empresa adquirida com os dados já existentes…

Ver o post original 547 mais palavras

Administração SQL Server, Consultoria em banco de dados

Dicas para um DBA Iniciante – Criando um plano de manutenção

Vitor Fava

Galera,

No vídeo de hoje quero demonstrar como criar um plano de manutenção para executar as tarefas e checagens recomendadas em um ambiente de banco de dados SQL Server.

Espero que gostem e aproveitem para inscrever-se no blog, no canal do youtube e no grupo de discussão SQLManiacs.

Grande abraço a todos.


Ver o post original

Administração SQL Server, Consultoria em banco de dados, Integration Services (SSIS)

[SSIS] Integração SQL Server e Oracle

Blog do Piroto

Fala Galera,

Sei que estou sumido. As coisas tem estado um tanto quanto caóticas. Muitos projetos simultâneos e tecnologias novas para aprender; Eu destacaria Websphere MQ, AIX e Oracle Forms.

Mas hoje, aproveitando a madrugada do feriado do dia do trabalho, vou fazer post simples e objetivo sobre como fazer integração entre uma base de dados Oracle 11g (rodando em um red hat) e um SQL Server 2012, através do integration services. O assunto está dividido em duas partes;

  1. Preparando o ambiente [obtendo e instalando o driver Oracle ODBC e configurando o tnsnames.ora]
  2. Criando um pacote para transferência de dados entre as bases.

obs: Eu fiz o mesmo procedimento como o SQL 2008, a diferença é que para o 2008 só conseguimos usar um driver ODBC e para o 2012 conseguimos usar o OLEDB ou ODBC :)

Imagem

Vamos lá..

Preparando o ambiente

Primeira coisa: Precisamos fazer o download do provider…

Ver o post original 392 mais palavras

Administração SQL Server, Consultoria em banco de dados

Database States e suas interações

Inside DBA's Life

Olá,

O estado do banco de dados (do inglês, state) vai definir algumas de suas características, tais como acessibilidade e disponibilidade dos dados. Todo banco de dados SQL Server está em um determinado estado. No SQL Server, um banco de dados pode assumir 7 estados diferentes, sendo eles:

  • ONLINE
  • OFFLINE
  • RESTORING
  • RECOVERING
  • RECOVERY PENDING
  • SUSPECT
  • EMERGENCY

A descrição de cada um destes estados pode ser encontrada neste link (http://technet.microsoft.com/en-us/library/ms190442.aspx) do BOL (Books Online para quem está se habituando agora com estes termos – em outras palavras, é o Help do SQL Server).

O ponto que quero destacar aqui é como os estados se um banco de dados interagem. A troca de um estado pode ocorrer de duas formas: através de ação manual por parte do usuário ou automaticamente através de uma ação do próprio SQL Server.

Por exemplo, o DBA pode a qualquer momento alterar o estado…

Ver o post original 147 mais palavras

Administração SQL Server, Comandos SQL, Consultoria em banco de dados

Comandos DBCC

Inside DBA's Life

Olá,

O SQL Server possui uma série de comandos chamados DBCC (Database Console Commands). Mais informações aqui (http://technet.microsoft.com/pt-br/library/ms188796.aspx)

Estes comandos são divididos em quatro categorias:

  • Manutenção (Maintenance)
  • Diversos (Miscellaneous)
  • Informação (Informational)
  • Validação (Validation)

Existem 30 comandos documentados. (Vide link da documentação oficial acima). Porém, existem muitos outros comandos DBCC não-documentados. (e obviamente não suportados).

Para poder visualizar todos os comandos DBCC é preciso habilitar um trace flag. Até o SQL Server 2005 você poderia utilizar o trace flag 2520 mas depois desta edição passou a valer o trace flag 2588, conforme explicado pelo Paul Randal (autor da alteração) neste post (https://www.sqlskills.com/blogs/paul/dbcc-writepage/).

Há um dos comandos DBCC que lista todos os outros: DBCC HELP. Nele você pode informar o nome do comando DBCC que você deseja visualizar, onde será informado os parâmetros utilizados pelo comando, ou informar o parâmetro ‘?’, para listar todos os comandos.

Para visualizar…

Ver o post original 458 mais palavras