Arquitetura / Modelagem, Banco de Dados

AdventureWorks 2008 – OLTP Schema

adventureworks2008_schema

Anúncios
Banco de Dados, Big Data, NoSQL

MySQL JSON Document Store

O MySQL é o banco de dados Open Source mais popular! Um banco de dados relacional compatível com ACID (sigla para Atomicity, Consistency, Isolation e Durability) que permite, entre outros, gerenciar seus dados com o SQL poderoso e comprovado, cuidar da integridade dos dados com transações, chaves estrangeiras… Mas você já sabe disso!

A Notação de Objeto JavaScript, mais conhecida como JSON, é um formato de troca de dados leve e muito popular. Use para armazenar e trocar dados.
Um documento JSON é um objeto padronizado que pode representar dados estruturados. E a estrutura está implícita no documento. Enfim, aposto que você também sabe disso!

Iniciado no MySQL 5.7.8, você pode manipular documentos JSON de forma “relacional”, usando consultas SQL e também armazenando-os usando o tipo de dados JSON nativo do MySQL. Também fornecemos um grande conjunto de funções JSON. Espero que você esteja ciente disso!

Conheça mais sobre – clicando nesse link! Exemplos e etc!

Documentação

Download do MySQL

MySQL_8.0_Document_Store_Architecture

Comandos SQL, Erros

Converter valores float “grandes” em varchar

Converter valores float “grandes” em varchar

Ao tentar converter o valor: 11223115414414 (float) em um varchar, esta vindo assim: 1.12231e+013, e o que foi feito… segue abaixo passo a passo:

Declare @float float = 11223115414414;

Select @float
— Retorna: 11223115414414

— Mas preciso converter em varchar:
Select CONVERT(varchar, @float)
— Retorna: 1.12231e+013

— Solução:
Select cast((convert(bigint, @float)) as varchar)
— retorna: 11223115414414

— Contribuição do Sr. Joel Almeida

— Sites relacionados:
https://stackoverflow.com/questions/3715675/how-to-convert-float-to-varchar-in-sql-server

Dados, Data Science, Segurança da Informação, SQL Server

Microsoft libera nova preview do SQL Server 2019 denominada 2.4

Junior Galvão - MVP - Data Platform

Ontem a Microsoft através do seu time MSSQLTiger, disponibilizou a nova versão preview da próxima versão do Microsoft SQL Server 2019.

Este novo preview foi batizado de SQL Server 2019 2.4 (quinta versão), vale ressaltar que nos últimos meses a Microsoft vem trabalhando fortemente para liberação de novas versões preliminares.

Novidades

Um dos destaques desta nova versão preliminar faz referência a integração do SQL Server com o Apache Spark™ e o HDFS com o SQL Server, criando assim  uma nova plataforma de dados unificada, que possibilita um grande salto no produto relacionado com os novos padrões de dados e processamento em larga escala.

Segundo informações fornecidas pela Microsoft, o SQL Server 2019 oferece mais segurança, disponibilidade e desempenho para todas as cargas de dados, além de trazer novas ferramentas de conformidade (relacionadas a GDPR e LGPD), melhor desempenho em hardware moderno e alta disponibilidade em Windows, Linux e contêineres.

Ver o post original 277 mais palavras

Scripts, SQL Server

Artigo Eliminando caracteres especiais de strings no SQL Server – Collate

Veja neste artigo da DevMedia como a cláusula COLLATE pode simplificar tarefas de tratamento de texto no SQL Server. Considerando a execução de consultas a partir de um banco de dados criado com o SQL Server, costuma ser bastante comum que em determinadas situações campos do tipo texto precisem passar por um tratamento, de forma a eliminar do resultado obtido caracteres especiais como acentos, cedilha e outros símbolos oriundos de línguas estrangeiras.

Veja a matéria completa clicando aqui…

Função

CREATE FUNCTION [dbo].[FN_FORMATAR_TEXTO]
(
    @TEXTO VARCHAR(MAX)
)
RETURNS VARCHAR(MAX)
AS
BEGIN
    DECLARE @TEXTO_FORMATADO VARCHAR(MAX)
    
    -- O trecho abaixo possibilita que caracteres como "º" ou "ª"
    -- sejam convertidos para "o" ou "a", respectivamente
    SET @TEXTO_FORMATADO = UPPER(@TEXTO)
        COLLATE sql_latin1_general_cp1250_ci_as
    -- O trecho abaixo remove acentos e outros caracteres especiais,
    -- substituindo os mesmos por letras normais
    SET @TEXTO_FORMATADO = @TEXTO_FORMATADO
        COLLATE sql_latin1_general_cp1251_ci_as
    RETURN @TEXTO_FORMATADO
END
GO

Teste

SELECT dbo.FN_FORMATAR_TEXTO(‘São Paulo’) AS RazaoSocial
, dbo.FN_FORMATAR_TEXTO(‘9º Corrida de São Silvestre’) AS Endereco
, dbo.FN_FORMATAR_TEXTO(‘Soluções em Banco de Dados’) AS Cidade

 


Fonte da informações e direitos: DevMedia

Scripts, SQL Server

SQL Server – Removendo quebra de linha de um Varchar

Removendo quebra de linha, enter por exemplo, de um campo VARCHAR!

DECLARE @STR AS VARCHAR(500)
SET @STR = ‘Salvador ·
Terça-feira 10 de abril de 2007 Ano XCI · No 19.383′

SELECT @STR — Visualizando estado atual

SELECT REPLACE(@STR,CHAR(13) + Char(10) ,‘ ‘) — removendo

Fonte e direitos da Query Original

Scripts, SQL Server

Dica do Mês – Comando Restore Database Page – Restaurando páginas de dados de uma tabela no Microsoft SQL Server

Junior Galvão - MVP - Data Platform

Olá boa tarde, que surpresa te encontrar mais uma vez no meu blog, caso esta seja a sua primeira vez, fico mais feliz ainda, seja muito bem vindo.

Este é mais um post da sessão Dica do Mês, sessão dedicada a compartilhar bimestralmente dicas, novidades, curiosidades e demais assuntos, conteúdos e informações relacionadas ao Microsoft SQL Server, Banco de Dados e Tecnologias de Banco de Dados.

No post de hoje, quero compartilhar com vocês uma das funcionalidades adicionadas ao Microsoft SQL Server a partir da versão 2016 e que recentemente acabei conhecendo com um pouco mais. 

Funcionalidade que trouxe um grande salto de qualidade ao produto, ainda mais se levarmos em consideração sua praticidade e simplicidade de uso.

Como você já pode notar no título deste post, estou me referindo a nova capacidade de recuperação de dados através do comando Restore Database em conjunto com a opção Page.

Pois…

Ver o post original 2.898 mais palavras

Banco de Dados, Dados, Disponibilidade

Gestão de Dados: 10 questões básicas sobre seu uso

Em tempos de Big Data, a Gestão de Dados começa a despertar o interesse das empresas brasileiras. Este artigo esclarece uma lista com dez questões básicas sobre o uso e a adoção da disciplina Gestão de Dados nas empresas brasileiras.

Autor: Bergson Lopes

Os 10 pontos sitados no artigo são os seguintes:

1 – Afinal, qual o termo correto: Gestão de Dados ou Gestão da Informação?
2 – A preocupação em gerir os dados das empresas é algo novo?
3 – Quais as premissas da Gestão de Dados?
4 – Quais as funções relacionadas à gestão de dados?
5 – Qual a diferença entre Gestão de Dados e Governança de Dados?
6 – Quais os principais ganhos de uma gestão de dados eficiente? A Gestão de Dados gera vantagem competitiva para as empresas?
7 – Quais perfis profissionais são necessários para promover a Gestão de Dados nas empresas?
8 – O que considerar na escolha de um funcionário? Qual a formação do profissional para o setor?
9 – O que é mais viável: fazer a gestão dos dados com recursos internos ou contratar empresas especializadas?
10 – A Gestão de Dados é mais uma moda ou veio realmente para ficar?

Veja o artigo na integra clicando aqui!

image02

SQL AZURE, SQL Server

SQL Operations Studio

SQL Operations Studio oferece uma moderna experiência de codificação T-SQL focada no teclado que facilita suas tarefas diárias com recursos integrados, como várias janelas de guias, um editor T-SQL avançado, IntelliSense, conclusão de palavras-chave, trechos de código, navegação de código e origem integração de controle (Git). Execute consultas T-SQL sob demanda, visualize e salve resultados como texto, JSON ou Excel. Edite dados, organize suas conexões de banco de dados favoritas e procure objetos de banco de dados em uma experiência familiar de navegação de objetos. Para aprender a usar o editor T-SQL, consulte Usar o editor T-SQL para criar objetos de banco de dados. (fonte)

Download

SQLOperationsStudio_01

Vídeo com algumas demonstrações

Banco de Dados, Big Data, Importantes, Projeto

GDPR: a nova lei cibernética que pode afetar todo o mundo

A GDPR é uma nova lei europeia que entrará em vigor nos próximos dias. Ao reforçar as proteções de dados dos cidadãos da Europa, todas as empresas de pequeno, médio e grande porte terão que investir em cibersegurança. E não são apenas empresas locais: companhias de todo o mundo que têm negócios com a Europa precisarão se adequar. Ou seja, a mudança é global.

*** Entrará em vigor no dia 25 de Maio de 2018 ***

“A lei é clara: vazamentos de dados devem ser informados à DPA (comissão de proteção de dados) em até 72 horas e aos clientes afetados ‘sem demora injustificada'”

“Basicamente, as companhias terão que correr para aprender a proteger de maneira correta os dados de clientes”

Os 3 Pilares:
1. Governança de dados
2. Gestão de dados, que diz respeito à forma como tratar das atividades de processamento
3. Transparência de dados

E no Brasil?

Vejam a matéria completa clicando na imagem abaixo, ou no seguinte link.

gdpr