Comandos SQL, Erros

Converter valores float “grandes” em varchar

Converter valores float “grandes” em varchar

Ao tentar converter o valor: 11223115414414 (float) em um varchar, esta vindo assim: 1.12231e+013, e o que foi feito… segue abaixo passo a passo:

Declare @float float = 11223115414414;

Select @float
— Retorna: 11223115414414

— Mas preciso converter em varchar:
Select CONVERT(varchar, @float)
— Retorna: 1.12231e+013

— Solução:
Select cast((convert(bigint, @float)) as varchar)
— retorna: 11223115414414

— Contribuição do Sr. Joel Almeida

— Sites relacionados:
https://stackoverflow.com/questions/3715675/how-to-convert-float-to-varchar-in-sql-server

Anúncios
Dados, Data Science, Segurança da Informação, SQL Server

Microsoft libera nova preview do SQL Server 2019 denominada 2.4

Junior Galvão - MVP - Data Platform

Ontem a Microsoft através do seu time MSSQLTiger, disponibilizou a nova versão preview da próxima versão do Microsoft SQL Server 2019.

Este novo preview foi batizado de SQL Server 2019 2.4 (quinta versão), vale ressaltar que nos últimos meses a Microsoft vem trabalhando fortemente para liberação de novas versões preliminares.

Novidades

Um dos destaques desta nova versão preliminar faz referência a integração do SQL Server com o Apache Spark™ e o HDFS com o SQL Server, criando assim  uma nova plataforma de dados unificada, que possibilita um grande salto no produto relacionado com os novos padrões de dados e processamento em larga escala.

Segundo informações fornecidas pela Microsoft, o SQL Server 2019 oferece mais segurança, disponibilidade e desempenho para todas as cargas de dados, além de trazer novas ferramentas de conformidade (relacionadas a GDPR e LGPD), melhor desempenho em hardware moderno e alta disponibilidade em Windows, Linux e contêineres.

Ver o post original 277 mais palavras

Scripts, SQL Server

Artigo Eliminando caracteres especiais de strings no SQL Server – Collate

Veja neste artigo da DevMedia como a cláusula COLLATE pode simplificar tarefas de tratamento de texto no SQL Server. Considerando a execução de consultas a partir de um banco de dados criado com o SQL Server, costuma ser bastante comum que em determinadas situações campos do tipo texto precisem passar por um tratamento, de forma a eliminar do resultado obtido caracteres especiais como acentos, cedilha e outros símbolos oriundos de línguas estrangeiras.

Veja a matéria completa clicando aqui…

Função

CREATE FUNCTION [dbo].[FN_FORMATAR_TEXTO]
(
    @TEXTO VARCHAR(MAX)
)
RETURNS VARCHAR(MAX)
AS
BEGIN
    DECLARE @TEXTO_FORMATADO VARCHAR(MAX)
    
    -- O trecho abaixo possibilita que caracteres como "º" ou "ª"
    -- sejam convertidos para "o" ou "a", respectivamente
    SET @TEXTO_FORMATADO = UPPER(@TEXTO)
        COLLATE sql_latin1_general_cp1250_ci_as
    -- O trecho abaixo remove acentos e outros caracteres especiais,
    -- substituindo os mesmos por letras normais
    SET @TEXTO_FORMATADO = @TEXTO_FORMATADO
        COLLATE sql_latin1_general_cp1251_ci_as
    RETURN @TEXTO_FORMATADO
END
GO

Teste

SELECT dbo.FN_FORMATAR_TEXTO(‘São Paulo’) AS RazaoSocial
, dbo.FN_FORMATAR_TEXTO(‘9º Corrida de São Silvestre’) AS Endereco
, dbo.FN_FORMATAR_TEXTO(‘Soluções em Banco de Dados’) AS Cidade

 


Fonte da informações e direitos: DevMedia

Scripts, SQL Server

SQL Server – Removendo quebra de linha de um Varchar

Removendo quebra de linha, enter por exemplo, de um campo VARCHAR!

DECLARE @STR AS VARCHAR(500)
SET @STR = ‘Salvador ·
Terça-feira 10 de abril de 2007 Ano XCI · No 19.383′

SELECT @STR — Visualizando estado atual

SELECT REPLACE(@STR,CHAR(13) + Char(10) ,‘ ‘) — removendo

Fonte e direitos da Query Original

Scripts, SQL Server

Dica do Mês – Comando Restore Database Page – Restaurando páginas de dados de uma tabela no Microsoft SQL Server

Junior Galvão - MVP - Data Platform

Olá boa tarde, que surpresa te encontrar mais uma vez no meu blog, caso esta seja a sua primeira vez, fico mais feliz ainda, seja muito bem vindo.

Este é mais um post da sessão Dica do Mês, sessão dedicada a compartilhar bimestralmente dicas, novidades, curiosidades e demais assuntos, conteúdos e informações relacionadas ao Microsoft SQL Server, Banco de Dados e Tecnologias de Banco de Dados.

No post de hoje, quero compartilhar com vocês uma das funcionalidades adicionadas ao Microsoft SQL Server a partir da versão 2016 e que recentemente acabei conhecendo com um pouco mais. 

Funcionalidade que trouxe um grande salto de qualidade ao produto, ainda mais se levarmos em consideração sua praticidade e simplicidade de uso.

Como você já pode notar no título deste post, estou me referindo a nova capacidade de recuperação de dados através do comando Restore Database em conjunto com a opção Page.

Pois…

Ver o post original 2.898 mais palavras

SQL AZURE, SQL Server

SQL Operations Studio

SQL Operations Studio oferece uma moderna experiência de codificação T-SQL focada no teclado que facilita suas tarefas diárias com recursos integrados, como várias janelas de guias, um editor T-SQL avançado, IntelliSense, conclusão de palavras-chave, trechos de código, navegação de código e origem integração de controle (Git). Execute consultas T-SQL sob demanda, visualize e salve resultados como texto, JSON ou Excel. Edite dados, organize suas conexões de banco de dados favoritas e procure objetos de banco de dados em uma experiência familiar de navegação de objetos. Para aprender a usar o editor T-SQL, consulte Usar o editor T-SQL para criar objetos de banco de dados. (fonte)

Download

SQLOperationsStudio_01

Vídeo com algumas demonstrações

Scripts, SQL Server

FTS – FULL TEXT SEARCH

Apresentação do FTS – FULL TEXT SEARCH
– Instalação do recurso
– Uso do FTS

AutorDiêgo Carvalho de Freitas, formado em Ciências da Computação, pós-graduando em Tecnologia de Banco de Dados e Business Intelligence, profissional certificado pela Microsoft(MTA: Database Fundamentals – Certified 2017), atuando na área da TI a mais de cinco anos, onde nos últimos  dois anos venho atuando na área de banco de dados, dando suporte a equipes de BI realizando  tratamento, extrações e cargas de dados.

Ferramentas, SQL Server, Treinamentos

Reporting Services – SQL Server (Passo a Passo)

Administração SQL Server, Backups, Banco de Dados, DBA, Disaster e Recovery, Disponibilidade, ORACLE, PostgreSQL

(Enquete encerrada) Onde guardam seus backups?

Ola galera,
Essa enquete ficou ativa entre os dias 01/10/2016 à 04/01/2017, o objetivo era saber como as empresas estão armazenando seus dados, diante o cenário atual de segurança de dados!

Podemos observar que existe sim a preocupação no que se diz respeito a backup, apesar de vermos diversos casos no Estado do Ceará e no Brasil, de empresas que perdem todas (ou quase todas) as informações quando precisaram recuperar de um desastre, mais ai vem a questão: Será que estão sendo feitos testes nesses backups?

Pontos positivos:
62% dos participantes usam estratégias bem seguras em relação a backup (Servidor de Backup, Nuvem, Fita, Rede, Espelho ou Replicado);
– A questão de backup em Nuvem (18%), esta crescendo muito e atualmente é uma das opções mais acessíveis e rápidas de serem utilizadas;

Pontos negativos:
23% dos participantes informaram se seus backups são guardados em HD externo, não digo um ponto negativo, mas creio que devam ter uma segunda opção de backup, por ser tratar de uma mídia que pode dar problemas físicos com facilidade. Atenção galera!!!
14% informaram que fazem backup no próprio computador, isso é extremamente crítico se não feito como deve ser feito. Backup no computador é uma boa prática no que se diz respeito a volta rápida ao estado anterior, quando o problema não é na máquina ou no disco, mas essa estratégia obrigatoriamente deve ser seguida por alguma outra como por exemplo um backup em nuvem! Atenção galera!!!

Agradeço a todos pela atenção e espero ter ajudado com essa pesquisa, que no meu ponto de vista, levou a questão:

Seus backups são testados periodicamente?
Deixem seus comentários!

 

Administração SQL Server, SQL Server

Remote Admin Connections

SQLCrespi

Recentemente em um treinamento sobre troubleshooting, falei sobre como acessar o servidor através do DAC – Dedicated Admin Connection. Para minha surpresa, a maioria não sabia o que era e os que já haviam habilitado não sabiam como funcionava.

O DAC foi introduzido no SQL Server 2005 e é nossa principal forma de acesso quando o SO ou mesmo o SQL Server estiverem “engargalados”.

De maneira bem simples, o DAC troca o contexto para conexão de administrador e aumenta a prioridade ao acesso dos recursos.

“Ah, mas eu não consigo acessar a console do meu servidor porque está tudo travado”.

Não tem problema é possível habilitar o acesso remoto.

Como Funciona?

O DAC trabalha com um scheduler reservado, ou seja, o SQL Server deixa sempre uma janela aberta caso algo aconteça. Este é o acesso privilegiado e reservado para manutenções.

Antes de seguir é importante deixar claro que prioridade só…

Ver o post original 206 mais palavras