Archive

Archive for the ‘Performance’ Category

Ajuste de desempenho de consulta – Infográfico

Dicas para um DBA Iniciante – Criando um baseline com o Performance Monitor

Vitor Fava

Galera,

No vídeo de hoje quero demonstrar como criar um baseline de forma rápida e eficiente utilizando a ferramenta Performance Monitor do Windows.

Aproveito para relembrá-los do webcast de hoje (17/03), à partir das 22:45, onde discutirei com o MVP Marcus Vinicius Bittencourt sobre instalação de uma instância de banco de dados SQL Server.

Para participar basta acessar o link abaixo no horário do evento:

Webcast – Guia completo de instalação do SQL Server

Espero que gostem e não deixe de inscrever-se no blog, no canal do youtube e no grupo de discussão SQLManiacs.

Grande abraço a todos.

Ver o post original

Considerações sobre Performance no SQL Server 2008 R2

Viviane Ribeiro

Todas as opções relacionadas abaixo podem ser ajustadas através das propriedades da instância ou através do comando sp_configure.

O componente gerenciador de memória do Microsoft SQL Server elimina a necessidade de gerenciamento manual da memória disponível para o SQL Server. Quando o SQL Server é iniciado, ele determina, dinamicamente, quanta memória alocar, de acordo com a quantidade de memória utilizada atualmente pelo sistema operacional e outros aplicativos. Assim como muda a carga no computador e no SQL Server, a memória alocada também muda. Para obter mais informações, consulte Arquitetura de memória.

Podem ser usadas as seguintes opções de configuração de servidor para configurar o uso de memória e influir no desempenho do servidor:

  • min server memory
  • max server memory
  • max worker threads
  • index create memory
  • min memory per query

A opção de configuração de servidor min server memory pode ser usada para garantir que o SQL Server não libere…

Ver o post original 1.423 mais palavras

Conhecendo o Microsoft SQL Server 2012 e 2014 – Utilizando o ColumnStored Index.

Junior Galvão - MVP - Data Platform - SQL Server

Salve, Salve Comunidade! Tudo bem?

Após um período de diversos eventos que participei e realizei desde Março deste ano, até a última semana, consegui um pouco de tempo para poder compartilhar com vocês, mais um pouquinho sobre o Fantástico Mundo que forma o Microsoft SQL Server, que neste momento se encontra em destaque com o lançamento da nova versão denonimada 2014.

Dentre as diversas inovações que normalmente uma nova versão apresenta, eu vou destacar hoje com você um recurso que foi criado e implementado na versão 2012 mas que apresentou um grande evolução neste nova versão. Estou me referindo ao ColumnStore Index, ou simplesmente, Índice armazenado em Coluna, numa tradução bem comum.

Como de costume foi fazer uma pequena introdução sobre este recursos e no decorrer deste artigo, destacarei:

  • Pontos Positivos e Negativos;

  • Considerações;

  • Restrições;

  • Cenários de Uso; e

  • Códigos de exemplo.

Então boa leitura e Lets Go!!!

Ver o post original 2.314 mais palavras

SQL Server 2014: Melhorias de performance no TEMPDB

Inside DBA's Life

Já a algum tempo eu acompanho o blog de engenheiros de SQL CSS SQL Server Engineers (http://blogs.msdn.com/b/psssql/). Hoje li mais um dos interessantes artigos do Bob Dorr (sempre vale a pena ler o que ele fala) sobre uma mudança de comportamento do TEMPDB no SQL Server 2014. O artigo é SQL Server 2014: TEMPDB Hidden Performance Gem (http://blogs.msdn.com/b/psssql/archive/2014/04/09/sql-server-2014-tempdb-hidden-performance-gem.aspx) algo como “Tesouro escondido de performance no TEMPDB”, em tradução livre.

O artigo em questão trata da mudança de comportamento de um conceito chamado Eager Writer. Trata-se de uma das três formas de se escrever uma página suja para o disco, onde inclui também Lazy Writer e Checkpoint. Mais informações aqui (http://technet.microsoft.com/en-us/library/aa337560(v=sql.105).aspx).

A explicação do comportamento eu deixo para vocês lerem no artigo original. O ponto que vou tratar aqui é justamente a comprovação prática do que está sendo dito. Não que o que o…

Ver o post original 568 mais palavras

Obtendo informações sobre as conexões, sessões e requisições no SQL Server 2005

Junior Galvão - MVP - Data Platform - SQL Server

A dica de hoje tem o objetivo de demonstrar como obter informações sobre as sessões, conexões e requisições ativas no SQL Server 2005.
 
Estas informações podem ajudar no momento do monitoramento e administração do servidor SQL Server, através dos recursos DMV(Dynamic management views), existente no SQL Server 2005, fica mais fácil.
 
Veja abaixo exemplos:
 
 

Ver o post original

Uma obra de arte – DEADLOCK

%d blogueiros gostam disto: