Archive

Archive for the ‘SQL Server 2008’ Category

Free ebooks – Microsoft Press (Windows, SQL Server, Virtualização e etc…)

Dicas e verificação de status do seu Cluster SQL Server

Post de Thiago Zavaschi R2 (Link do Post | Blog do Autor)

O post de hoje é uma dica rápida para os profissionais que precisam trabalhar com instâncias clusterizadas do SQL Server e gostariam de saber algumas informações sobre as mesmas!

Temos o uso do SERVERPROPERTY e das DMV’s:
– sys.dm_io_cluster_shared_drives
– sys.dm_os_cluster_nodes

Para extrair algumas informações:

SELECT
SERVERPROPERTY(‘IsClustered’) as _1_Eh_Clusterizada,
SERVERPROPERTY(‘ComputerNamePhysicalNetBIOS’) as NoAtual,
SERVERPROPERTY(‘Edition’) as Edicao,
SERVERPROPERTY(‘MachineName’) as VirtualName,
SERVERPROPERTY(‘InstanceName’) as NomeInstancia,
SERVERPROPERTY(‘ServerName’) as Virtual_e_InstanceNames,
SERVERPROPERTY(‘ProductVersion’) as Versao,
SERVERPROPERTY(‘ProductLevel’) as NomeVersaoSemHotfixes

E para extrair outras informações é bastante interessante utilizar as seguintes queries:
– SELECT * FROM sys.dm_io_cluster_shared_drives
– SELECT * FROM sys.dm_os_cluster_nodes

Vejam:
Aprendendo Failover Clustering ( Parte 1 | )

Controlando seu failover cluster com a propriedade AntiAffinityClassNames

[ ] ‘s
Alex Souza

Full-Text Search (FTS) no SQL Server 2008

Categorias:SQL Server 2008

Resource Governor – SQL Server 2008/R2

O Resource Governor é uma nova tecnologia presente no SQL Server 2008 que permite aos administradores gerenciar a carga e os recursos do SQL Server 2008. Ele faz isso através de políticas de limite de consumo de recursos (ufa). É possível criar grupos (workloads) com perfis de utilização de hardware, como “Queries de Alta Prioridade” ou “Queries Menos Importantes” e atribuir a estes workloads critérios de consumo de processador e memória. Ele não apenas é importante para limitar a utilização de processador e memória em queries que já conhecemos, mas também para garantir que queries com comportamento desconhecido se comportem de forma que não comprometam o restante da operação do servidor. Ou seja: não apenas podemos definir o que conhecemos por prioritário, mas também queries (ou requisições) que nos pegam de surpresa.
Matéria completa Clique Aqui


Gerenciando SQL Server Workloads com Resource Governor
Vejam também:
Resource Governor do SQL Server 2008 (Parte 1 e Parte 2)

{ Alex Souza }

Declarative Management Framework

Um dos recursos mais aguardados do SQL Server 2008 para os administradores é o Declarative Management Framework. Trata-se de um sistema de gerenciamento baseado em políticas que, através de objetos reutilizáveis, permite que se configure o SQL Server e seus componentes em aderência a políticas de governança das empresas.
Materia completa Clique aqui.
{ Alex Souza }

Entendendo os tipos de dados espaciais

Temos basicamente dois tipos de dados espaciais:

1.       Geography: Este dado tem como característica soluções Round Earth com o tipo de dado geography. Use coordenadas de latitude e longitude para definir áreas na superfície da Terra. Associe dados geográficos a elipsóides de padrão industrial, como o WGS84, que é usado em soluções habilitadas para GPS em todo o mundo.

2.       Geometry: Este dado tem como característica soluções Flat Earth com o tipo de dado geometry. Armazene polígonos, pontos e linhas que são associadas a superfícies planas projetadas e dados naturalmente planos, como espaços interiores.

Exemplo: Clique Aqui

 

A dúvida que surge é:  Como eu utilizo esta funcionalidade na prática? 

Ambos os dados, utilizados conforme sua aplicação prática, podem ser integrados com ferramentas da própria Microsoft, como por exemplo, o Virtual Earth que possuí um SDK para ser integrado a aplicativos.

 

Segue alguns links para pesquisa: 

Microsoft Virtual Earth SDK 6.1 Referências:

http://msdn.microsoft.com/en-us/library/bb429619.aspx

Microsoft SQL Server 2008 Beta Download:

http://www.microsoft.com/brasil/servidores/sql/prodinfo/download.mspx

 

Originalmente escrito por:

Luiz Felipe Pimenta

Especialista de Produto | SQL Server

{ Alex Souza }

 

Categorias:SQL Server 2008

Evitando falhas e perda de dados com SQL Server 2008

L&A Soluções – Consultoria em Banco de Dados SQL Server ( Suas informações em boas mãos! )

Uma das novas funcionalidades do SQL Server que temos desde a  versão 2005 SP1 é o database mirror, que proporciona a possibilidade de proteção contra falhas no ambiente, inclusive sendo possível fazer failover automático e sendo uma forma de redundância da informação, o que não temos em ambientes em cluster que são altamente dependentes do backup. Agora com o SQL Server 2008, mais que uma redundância de dados e ambiente, o SQL Server 2008 é preventivo, já que agora quando uma falha no banco de dados principal acontece, por exemplo, a perda de uma área de dados na storage, o mirror automaticamente recupera esta informação do banco de dados redundate sem a necessidade de restore do backup ou mesmo intervensão manual.

Mais informações em: http://download.microsoft.com/download/c/a/f/caff7135-8d80-4dad-a104-0da8558d8a0e/Availability%20DataSheet.pdf

{ Alex Souza }

%d blogueiros gostam disto: